O paciente com câncer e a espiritualidade: revisão integrativa

Palabras clave: Pacientes, Neoplasias, Terapéutica, Espiritualidade

Resumen

Introdução: A magnitude do câncer permite a afirmação de que se trata de um problema de saúde pública, com altas taxas de incidência, prevalência e mortalidade na população, com estimativa de 27 milhões de casos novos em 2030. Nesta situação, o enfrentamento pode se dar com o uso de diferentes estratégias e dentre elas, o predomínio da religiosidade e espiritualidade é evidente. O objetivo é compreender as interferências ocorridas na vida de pacientes com câncer e as mudanças de comportamento como consequência de seu envolvimento com a espiritualidade.

Materiais e métodos: Revisão integrativa composta de dez artigos, com busca realizada por meio da Biblioteca Virtual da Saúde, e utilização dos Descritores de Saúde: Neoplasias e Espiritualidade. Resultados: A experiência do câncer pode ser geradora de sentimento de culpa, tristeza, fracasso, perda de autoestima, incerteza, ansiedade, depressão, nervosismo, medo, preocupação e insegurança quanto aos futuros acontecimentos, pois, mesmo com o avanço tecnológico, estes ainda são significados atribuídos ao câncer, o que propicia a intensificação pela busca pela espiritualidade. Discussão: A religiosidade e a espiritualidade podem se constituir como importantes estratégias de enfrentamento, pois constituem fontes de conforto e esperança diante de um momento desafiador. Conclusão: O paciente com câncer que vivencia a espiritualidade como instrumento terapêutico é independente de sexo, idade, classe social, raça e religião, sendo que a afirmação da importância do apego espiritual se mostrou de forte impacto positivo na vida destes pacientes.

Como citar este artigo: Silva, Daniel Augusto da. O paciente com câncer e a espiritualidade: revisão integrativa. Revista Cuidarte. 2020;11(3):e1107. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.1107    

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Daniel Augusto da Silva, Fundação Educacional do Município de Assis

Enfermeiro. Doutorando em Ciências (EPE/UNIFESP). Docente no curso de Bacharelado em Enfermagem na Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA).

Citas

Bray F, Ferlay J, Soerjomataram I, Siegel RL, Torre LA, Jemal A. Global Cancer Statistics 2018: GLOBOCAN Estimates of Incidence and Mortality Worldwide for 36 Cancers in 185 Countries. CA Cancer J. Clin. 2018;68:394-424. https://doi.org/10.3322/caac.214922

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2016: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2015.

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2018: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2017.

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. ABC do câncer: abordagens básicas para o controle do câncer. Rio de Janeiro: INCA, 2019.

Furlan MCR, Bernardi J, Vieira AM, Santos MCC, Marcon SS. Percepção de mulheres submetidas à mastectomia sobre o apoio social. Ciência, Cuidado e Saúde. 2012;11(1):66-73. https://doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v11i1.18860

Silva MR, Paraíba M. Câncer: uma abordagem psicológica. Porto Alegre: AGE; 2008.

Fornazari SA, Ferreira RER. Religiosidade/espiritualidade em pacientes oncológicos: qualidade de vida e saúde. Psic.: Teor. e Pesq. 2010;26(2):265-72. https://doi.org/10.1590/S0102-37722010000200008

Chaves ECL, Carvalho EC, Hass VJ. Validação do diagnóstico de enfermagem Angústia Espiritual: análise por especialistas. Acta paul. enferm. [online]. 2010;23(2):264-70. https://doi.org/10.1590/S0103-21002010000200018

Thiengo PCS, Gomes AMT, Mercês MC, Couto PLS, França LCM, Silva AN. Espiritualidade e religiosidade no cuidado em saúde: revisão integrativa. Cogitare enferm. 2019; 24: e58692. https://doi.org/10.5380/ce.v24i0.58692

Kübler-Ross E. Sobre a morte e o morrer. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2008.

Silva GM, Kameo SY, Sawada NO. Percepções da criança e do adolescente com câncer frente ao diagnóstico e tratamento da doença. Rev. iberoam. educ. invest. enferm. 2014;4(4):15-24.

Oliveira JM, Reis JB, Silva RA. Busca por cuidado oncológico: percepção de pacientes e familiares. Rev enferm UFPE on line. 2018;12(4):938-46. https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i4a231359p938-946-2018

Ferrão L, Bettinelli LA, Portella MR. Vivências de homens com câncer de próstata. Rev enferm UFPE on line. 2017;11(Supl.10):4157-64. https://doi.org/10.5205/reuol.10712-95194-3-SM.1110sup201720

Pereira J. A fé como fenômeno psicológico. São Paulo: Escrituras Editora; 2016.

Silva CF, Borges FR, Avelino CCV, Miarelli AVTC, Vieira GIA, Goyatá SLT. Espiritualidade e religiosidade em pacientes com hipertensão arterial sistêmica. Rev. Bioét. 2016;24(2):332-43. https://doi.org/10.1590/1983-80422016242134

Benites AC, Neme CMB, Santos MA. Significados da espiritualidade para pacientes com câncer em cuidados paliativos. Estudos de Psicologia. 2017;34(2):269-79. https://doi.org/10.1590/1982-02752017000200008

Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo). 2010;8(1):102-6. https://doi.org/10.1590/s1679-45082010rw1134

Menezes RR, Kameo SY, Valença TS, Mocó GAA, Santos JMJ. Qualidade de Vida Relacionada à Saúde e Espiritualidade em Pessoas com Câncer. Rev. bras. cancerol. 2018;64(1):9-17. https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2018v64n1.106

Soratto MT, Silva DM, Zugno PI, Daniel R. Espiritualidade e resiliência em pacientes oncológicos. Revista Saúde e Pesquisa. 2016; 9(1): 53-63. https://doi.org/10.17765/1983-1870.2016v9n1p53-63

Miranda SL, Lanna MAL, Felippe WC. Espiritualidade, Depressão e Qualidade de Vida no Enfrentamento do Câncer: Estudo Exploratório. Psicol. cienc. prof. [online]. 2015;35(3):870-85. https://doi.org/10.1590/1982-3703002342013

Caldeira S, Carvalho EC, Vieira M. Entre o bem-estar espiritual e a angústia espiritual: possíveis fatores relacionados a idosos com cancro. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2014;22(1):28-34. https://doi.org/10.1590/0104-1169.3073.2382

Veit CM, Castro EK. Coping religioso/espiritual positivo em mulheres com câncer de mama: um estudo qualitativo. Psico. 2013;44(3):331-41.

Guerrero GP, Zago MMF, Sawada NO, Pinto MH. Relação entre espiritualidade e câncer: perspectiva do paciente. Rev. bras. enferm. 2011;64(1):53-9. https://doi.org/10.1590/S0034-71672011000100008

Spadacio C, Barros NF. Terapêuticas convencionais e não convencionais no tratamento do câncer: os sentidos das práticas religiosas. Interface (Botucatu) [online]. 2009;13(30):45-52. https://doi.org/10.1590/S1414-32832009000300005

Teixeira JJC, Lefèvre F. Significado da intervenção médica e da fé religiosa para o paciente idoso com câncer. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008;13(4):1247-56. https://doi.org/10.1590/S1413-81232008000400021

Ribeiro VC, Portella VSDC, Malheiro VES. Mulheres de meia idade e o enfrentamento do câncer de mama. Rev Cuid. 2014;5(2):799-805. https://doi.org/10.15649/cuidarte.v5i2.120

Nascimento KTS, Fônseca LCT, Andrade SSC, Leite KNS, Costa TF, Oliveira SHS. Sentimentos e fontes de apoio emocional de mulheres em pré-operatório de mastectomia em um hospital-escola. Revista Enfermagem UERJ. 2015;23(1):108-14. https://doi.org/10.12957/reuerj.2015.15598

Oshiro ML, Bergmann A, Silva RG, Costa KC, Travaim IEB, et al. Câncer de mama avançado como evento sentinela para avaliação do programa de detecção precoce do câncer de mama no Centro-Oeste do Brasil. Rev. bras. cancerol. 2014;60(1):15-23. https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2014v60n1.488

Porto SM, Carvalho GB, Fernandes MJM, Ferreira CB. Vivências de homens frente ao diagnóstico de câncer de próstata. Ciência & Saúde. 2016;9(2):83-9. https://doi.org/10.15448/1983-652X.2016.2.22225

Peh CX, Kua EH, Mahendran R. Hope, emotion regulation, and psychosocial well-being in patients newly diagnosed with cancer. Support Care Cancer. 2016;24(5):1955-1962. https://doi.org/10.1007/s00520-015-2989-x

Holt KA, Mogensen O, Jensen PT, Hansen DG. Goal setting in cancer rehabilitation and relation to quality of life among women with gynaecological cancer. Acta Oncol. 2015;54(10):1814-23. https://doi.org/10.3109/0284186X.2015.1037009

Ellis J, Cobb M, O'Connor T, Dunn L, Irving G, Lloyd-Williams M. The meaning of suffering in patients with advanced progressive cancer. Chronic Illn. 2015;11(3):198-209. https://doi.org/10.1177/1742395314565720

Alves DA, Silva LG, Delmondes GA, Lemos ICS, Kerntopf MR, Albuquerque GA. Cuidador de criança com câncer: religiosidade e espiritualidade como mecanismos de enfrentamento. Rev Cuid. 2016;7(2):1318-24. https://doi.org/10.15649/cuidarte.v7i2.336

Kruizinga R, Hartog ID, Jacobs M, Daams JG, Scherer-Rath M, Schilderman JB, et al. The effect of spiritual interventions addressing existential themes using a narrative approach on quality of life of cancer patients: a systematic review and meta‐analysis. Psychooncology. 2016;25(3):253-65. https://doi.org/10.1002/pon.3910

Mollica MA, Underwood W, Homish GG, Homish DL, Orom H. Spirituality is associated with better prostate cancer treatment decision making experiences. J Behav Med. 2016;39(1):161-9. https://doi.org/10.1007/s10865-015-9662-1

Cardoso AHA. Espiritualidade e câncer em pacientes submetidos a tratamento quimioterápico [monografia]. Campina Grande: Universidade Estadual da Paraíba; 2014.

Publicado
2020-08-31
Cómo citar
1.
Silva DA da. O paciente com câncer e a espiritualidade: revisão integrativa. Rev Cuid [Internet]. 31 de agosto de 2020 [citado 19 de septiembre de 2020];11(3). Disponible en: https://revistacuidarte.udes.edu.co/index.php/cuidarte/article/view/1107
Sección
Artículos de Revisión

Artículos más leídos del mismo autor/a