Mulheres de meia idade e o enfrentamento do câncer de mama

Vanessa Costa Ribeiro, Sandra Dutra Cabral Portella, Eliene de Souza Malheiro

Resumen


Introdução: O enfrentamento do câncer de mama por mulheres de meia-idade é um processo muito doloroso, já que envolve a mudança em vários papéis que essa mulher está desenvolvendo nessa fase da vida. Objetivou-se então analisar as mudanças desses papéis, abordando os problemas encontrados nessa fase e identificar se existem estratégias utilizadas para uma melhor qualidade de vida. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo de revisão integrativa de natureza qualitativa, utilizando-se como descritores: mulheres, diagnóstico e câncer de mama. Resultados: Onze artigos foram selecionados, já que abordaram com propriedade o objeto do estudo. Podemos perceber que tem-se despertado interesse nessa temática de pesquisa, como: os sentimentos, vivências e estratégias de enfrentamento das mulheres com diagnóstico de câncer de mama. Discussão: Nessa fase, os maiores problemas enfrentados por essas mulheres são os traumas psicológicos, a perda da autoestima, o sentimento de culpa e de fracasso, diante desse diagnóstico. Observa-se que a convivência familiar de uma mulher com câncer de mama, muda toda sua dinâmica, já que, na fase da meia-idade, ela teria papéis de mãe, esposa e trabalhadora, agora restritos, ou então, passando por diversas mudanças. Conclusões: As estratégias envolvidas que mais imperam no sucesso do tratamento, são o apoio da família e cônjuge, bem como, a volta dessa mulher ao seu espaço social, com a ajuda de grupos de vivência e serviços de reabilitação social.

Palavras chave: Mulheres, Diagnóstico, Câncer de Mama. (Fonte: DeCS BIREME).

Cómo citar este artículo: Ribeiro V, Portella S, Malheiro E. Mulheres de meia idade e o enfrentamento do câncer de mama. Rev Cuid. 2014; 5(2):799-805. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v5i2.120


Texto completo:

HTML PDF

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Copyright (c) 2015 Revista CUIDARTE