Sobrecarga de cuidadores idosos que cuidam de idosos dependentes

Wallison Pereira dos Santos, Fernanda Beatriz Dantas de Freitas, Vinícius André Gouveia de Sousa, Annie Michelly Dornelas Oliveira, Jussara Maria das Mercês Pontes Santos, Bernadete de Lourdes André Gouveia

Resumen


Introdução: Com a atual transição demográfica, o número de idosos está aumentando e com isso aumenta a demanda por cuidado. O processo de tornar-se cuidador é complexo e envolve mudanças no cotidiano e na saúde do cuidador, principalmente quando o cuidador também é idoso. Nesse sentido, objetiva-se conhecer as repercussões causadas no cotidiano de cuidadores de idosos que cuidam de idosos dependentes. Materiais e Métodos: Estudo observacional, descritivo, com delineamento qualitativo, realizado com cuidadores de idosos que cuidam de outros idosos. Entrevistamos 39 idosos cuidadores. Para a coleta de dados, utilizou-se a entrevista, orientada por um roteiro semiestruturado com o uso de mídia digital do tipo gravação de áudio. Para a análise dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo temática proposta por Minayo. Resultados: Três categorias temáticas foram propostas: Transformação da rotina; ser cuidador idoso sem conhecimento; e desequilíbrio emocional e físico. Discussão: Portanto, é possível ver que os cuidadores de idosos para se tornar cuidadores passam por uma intensa transformação da rotina quando se refere à retenção domiciliar, isolamento social, deixando o vulnerável a população dependência psicológica e física junto com o próprio condição fisiológica do envelhecimento. O baixo desempenho do serviço de Atenção Primária à Saúde foi verificado, no sentido de orientações e ações educativas. Conclusões: A grande sobrecarga sofrida pelos cuidadores de idosos foi marcante, principalmente quando esse cuidador também é idoso, com características e necessidades semelhantes às dos idosos dependentes. Destaca-se a necessidade de maiores investimentos em ações educativas pela atenção básica.

Como citar este artigo: Santos WP, Freitas FBD, Sousa VAG, Oliveira AMD, Santos JMMP, Gouveia BLA. Sobrecarga de cuidadores idosos que cuidam de idosos dependentes. Rev Cuid. 2019; 10(2): e607. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v10i2.607


Palabras clave


Saúde do Idoso; Cuidadores; Brasil

Referencias


Moreira RM, Santos CES, Couto ES, Teixeira JRB, Souza RMMM. Qualidade de vida, saúde e política pública de idosos no Brasil: uma reflexão teórica. Rev Kairós Gerontologia. 2013; 16(1): 27-38.

Veras RP, Oliveira M. Aging in Brazil: the building of a healthcare model. Rev Ciência & Saúde coletiva. 2018; 23(6): 1929-36.

Camargo TCA, Telles SCC, Souza CTV. A (re) invenção do cotidiano no envelhecimento pelas práticas corporais e integrativas: escolhas possíveis, responsabilização e autocuidado. Rev Cade Bras Terapia Ocupacional. 2018; 26(2): 367-80. https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1238

Trindade APNT, Barboza MA, Oliveira FB, Borges APO. Repercussão do declínio cognitivo na capacidade funcional em idosos institucionalizados e não institucionalizados. Rev Fisioterapia Mov. 2013; 26(2): 281-9. https://doi.org/10.1590/S0103-51502013000200005

Souza MBS, Argimon IIL. Caregivers’ conception of the care provided to the elderly. Revista de Enfermagem UFPE. 2014; 8(9): 3069-75.

Areosa SVC, Henz LF, Lawisch D, Areosa RC. Take care of oneself and other: study of elderly caregivers. Rev psicologia, saúde e doenças. 2014; 15(2): 482-94. https://doi.org/10.15309/14psd150212

Castro LM, Souza DN. Programa de intervenção psicossocial aos cuidadores informais familiares: o cuidar e o autocuidado. Rev Interacções. 2016; 42(1): 150-62.

Steindorff GM, Oliveira Junior SB, Viana DR, Maidana Junior JN, Tier CG, Silva VAM. Sobrecarga dos cuidadores de idosos: relato de experiência. Rev sanare. 2018; 17(1): 125-31.

Reis RD, Pereira EC, Pereira MIM, Soane AMNC, Silva JV. Significados, para familiares, de conviver com um idosos com seqüelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Rev Interface. 2017; 21(62): 641-50. https://doi.org/10.1590/1807-57622016.0206

Minayo MC. Apresentação. In R. Gomes, Pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Instituto Sírio Libanes. 2014.

Scalco JC, Tavares KO, Vieira L, Silva JR, Bastos CCCB.Day-to-day family caregivers of the dependent elderly. Rev Kairós Gerontologia. 2013; 16(2): 191-208.

Couto AM, Castro EAB, Caldas CP. Vivências de ser cuidador familiar de idosos dependentes no ambiente domiciliar. Rev Rene. 2016; 17(1): 76-85. https://doi.org/10.15253/2175-6783.2016000100011

Ferreira PM. O envelhecimento ativo em Portugal: tendências recentes e (alguns) problemas. Rev Kairós Gerontologia. 2015; 18(19): 07-29.

Barbosa LM, Noronha K, Spyrides MHC, Araújo CAD. Qualidade de vida relacionada à saúde dos cuidadores formais de idosos institucionalizados em Natal, Rio Grande do Norte. Rev Bras Est Pop. 2017; 34(2): 391-414. https://doi.org/10.20947/S0102-3098a0004

Costa FM, Nakata PT, Brocker AR, Paskulin LMG, Morais EP. Quality of life caregivers of elderly people linked to a home care program. Revista de Enfermagem UFPE. 2016; 10(7): 2582-88.

Faleiros AH, Santos CA, Martins CR, Holanda RA, Souza NLS, Araújo CLO. Os desafios do cuidar: revisão bibliográfica, sobrecargas e satisfações do cuidador de idosos. Rev Janus. 2015; 1(21): 59-69.

Gomes SR, Apratto Junior PC. Educação continuada ao cuidador familiar: intervenção do enfermeiro da estratégia de saúde da família. Rev REINPEC. 2016; 1(2): 240-277. https://doi.org/10.20951/2446-6778/v2n1a18

Orlandi AAS, Brito TRP, Ottaviani AC, Rossetti ES, Zazzetta MS, Gratão ACM, et al. Profile o folder adults caring for other older adults in contexts of high social vulnerability. RevEsc Anna Nery. 2017; 21(1): 1-8.

Ferreira FPC, Bansi LO, Paschoal SMP. Serviço de atenção ao idoso e estratégias de cuidado domiciliares e institucionais. Rev Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 2014; 17(4): 911-26. https://doi.org/10.1590/1809-9823.2014.13053

Linhares BN, Vianna LG. Fardo do cuidador familiar de idosos com demência de Alzheimer: consequências em sua vida conjugal. Rev de Medicina e Saúde. 2015; 4(2):157-65.

Bárbara GHS, Bonfim FK, Carvalho CG, Magalhães SR. As dificuldades vivenciadas pelo cuidador do paciente de Alzheimer. Revista de Enfermagem do Rio do vale verde. 2013; 11(2): 477-92. https://doi.org/10.5892/ruvrd.v11i2.477492

Pinto FNFR, Barham EJ. Social skills and coping strategies: relationship with psychologial well-being indicators among caregivers of elderly with high dependency. Rev Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 2014; 17(3): 525-39. https://doi.org/10.1590/1809-9823.2014.13043

Fernandes BCW, Ferreira KCP, Marodin MF, Val MON, Fréz AR. Influence of physiotherapeutic guidelines in the caregiver’s quality of life and overload. Rev Fisioter Mov. 2013; 26(1): 151-8. https://doi.org/10.1590/S0103-51502013000100017

Santos VP, Lima WR, Rosa RS, Barros IMC, Boery RNSO, Ciosak SI. Perfil de saúde de idosos muito velhos em vulnerabilidade social na comunidade. Rev Cuid. 2018; 9(3): 2322-37. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v9i3.542


Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.